sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

Protesto contra a Cavalgada do Mar pela morte de cavalos-Porto Alegre/RS.


Representações de ONGs de defesa dos animais do estado do RGSul participaram da manifestação na Praça da Matriz, enfrente ao Palácio Piratini protestando contra a Cavalgada do Mar,

que é uma iniciativa organizada por movimentos tradicionalistas todos os anos no litoral do Estado através da Fundação Cultural da Cavalgada do Mar, presidida pelo Sr.Vilmar Ro
mera.
Manifestantes leram a entrevista do respeitável folclorista Paixão Cortês que diz:" É simplesmente uma caminhada a cavalo. Não há pesquisa ou questionamento sobre nada. Não serve para questionar os problemas do Rio Grande. É um passeio. É comer, beber e dar risada. " A seguir foi lido o artigo do jornalista JUREMIR MACHADO DA SILVA, intitulada Tempo de Matar Cavalos, do Correio do Povo e a Carta aberta ao gaúchos de bom senso.

O Grupo pela Abolição do Especismo- GAE coordenou a manifestação e agregou entidades de todo o estado do RGSul para firmar o documento que pede o fim deste evento e repudia o pronunciamento do Presidente da Fundação Cultural da Cavalgada do Mar, Sr. Vilmar Romera que disse:" vai marcar a beira da praia com a pata do cavalo". Na conclusão as protetoras e protetores afirmam" nós não deixaremos que sigam marcando o chão deste Estado com o sangue dos cavalos.".

Um grupo de protetoras (Nazareth Agra, Regina Becker, Bernadete Bestane, Lourdes Sprenger, Denize Furtado e Maria Luiza Nunes) em audiência com o Sr.Leonardo Hoff - Chefe da Casa Civil Ajunto representando o Governo do Estado recebeu a Carta Aberta informando que está acompanhando os fatos e a grande repercussão na midia. A carta será encaminhada a Governadora.

Nenhum comentário: