terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

Ufrgs propõe parceria para unidade móvel Bicho-Amigo

Foto: Ivo Gonçalves/PMPA
Prefeito José Fortunati em audiência com Diretor da Faculdade de Veterinária da Ufrgs, Vladimir Pinheiro do Nascimento, Coordenadora da Comissão de Extensão da Faculdade de Veterinária da UFRGS, Liris Kindlein, Primeira-Dama Regina Becker, Cândida Saibert , Cauê Vieira da Silva e Lourdes Sprenger.
Projeto que visa à utilização de unidade móvel em ações para o bem-estar animal em Porto Alegre foi tema de reunião nesta terça-feira, 8, na Faculdade de Veterinária da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs).


O prefeito José Fortunati, juntamente com a primeira-dama, Regina Becker, estiveram em audiência com a direção da faculdade para tratar da parceria no Projeto Bicho-Amigo.

Na ocasião, foi apresentada pelos professores da Ufrgs uma proposta de convênio com a prefeitura para a utilização da unidade móvel 1 do projeto. O veículo será um gabinete médico-veterinário para pequenos procedimentos e esterilizações dos animais.

Para atender à legislação no que diz respeito à unidade móvel, a prefeitura precisa se conveniar com uma instituição de ensino, preferencialmente superior, voltada a promover o atendimento dos animais. A partir da reunião, o projeto será analisado pela Procuradoria-Geral do Município (PGM) e passará por ajustamento da parte técnica.

Além de intervenções como castração dos animais, serão realizadas ações educativas, juntamente com a comunidade. De acordo com o prefeito, as primeiras atendidas serão as vilas Dique, Nazaré e Chocolatão. A primeira-dama destacou que, no momento, o trabalho está dirigido à operacionalização e formatação da parceria. “Teremos outras reuniões para estabelecer as competências de cada órgão. Começa de forma muito embrionária, mas trabalhamos para que o projeto crie raízes e tenha frutos”, destacou.

A primeira unidade móvel, doada e adaptada pela Carris, está em fase final de pintura e possui espaços com divisórias para cães e para transporte especial de gatos. No final da manhã, os professores conheceram o ônibus para observar a necessidade de adequações. De acordo com Regina, a expectativa é de que, até o meio do ano, o projeto esteja em pleno funcionamento.



Nenhum comentário: