sábado, 3 de maio de 2008

Transporte de Animais - Aeroportos

OBTENÇÃO DE ATESTADOS
Relacionamos abaixo o procedimento e locais que o interessado deverá contatar para a
Obtenção de visto para o Transporte de Animais.


Cães e gatos:
Obter no veterinário ou clínica particular, os seguintes documentos:

* Atestado de vacina anti-rábica (somente para animais com mais de 5 meses de idade) que deverá conter os seguintes dados:
Nome do laboratório produtor da vacina;
Tipo de vacina utilizada;
Partida da vacina.

Prazo:
Para a obtenção do Certificado Zoossanitário Internacional ou Nacional o proprietário deverá providenciar o atestado de saúde de seu animal em até 8 dias antes do embarque. Este documento deverá ser enviado aos departamentos abaixo indicados:

OBSERVAÇÃO:
Esta vacina deverá ter sido aplicada há à mais de 30 dias e menos de um ano.

São Paulo:
Ministério da Agricultura – Serviço de Sanidade Animal
Rua 13 de Maio, 1558 – 3º andar Tels.: (11) 251-0400/5742 Fax: (11) 284-6944
Atendimento: 14:00/17:00 h.

Aeroporto de Guarulhos – Setor Ministério da Agricultura – Serviço de Sanidade de Animal – Telefax: (11) 6445-2800
Atendimento: Diariamente das 08:00 às 12:00 hs e das 14:00 às 18:00 hs h. Inclusive, sábados, domingos e feriados.

Rio de Janeiro:
Procedimento de trânsito, no Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro, para embarque e desembarque de cães e gatos:
Obs.: Outros animais devem deverão possuir autorização prévia do Ministério da Agricultura.

Embarque:
Trânsito Doméstico – GTA Guia de Trânsito Animal
Emitido por Médicos Veterinários particulares, credenciados pelo Ministério da Agricultura e do Abastecimento, listagem à disposição no VIGIAGRO Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro.

Para sua emissão faz-se necessário:
1. Exame do animal pelo por um Médico Veterinário credenciado, que emitirá o documento;
2. Apresentação do comprovante de vacinação anti-rábica (obrigatória para animais com mais de 3 meses de idade e ter sido aplicada há à mais de 20 dias e menos de 1 ano), assinado por um Médico Veterinário. Dados obrigatórios do comprovante de vacinação: etiqueta da vacina constando o laboratório produtor, o tipo e o número da partida.
3. Validade do GTA: 03 (três) dias para todo o território nacional.

Para sua emissão faz-se necessário:

1. Atestado de Saúde, emitido por um Médico Veterinário, com no máximo com (03) dias de antecedência da data de emissão do CZI.
2. Apresentação do comprovante de vacinação anti-rábica (obrigatória para animais com mais de 3 meses de idade e tTer sido aplicada há mais de 20 dias e menos de 1 ano), assinado por um Médico Veterinário. Dados obrigatórios do comprovante de vacinação: etiqueta da vacina constando o laboratório produtor, o tipo e numero da partida.

Validade CZI: 10 (dez) dias para embarque internacional.

Trânsito Internacional - CZI Certificado Zoossanitário Internacional

Emitido pelo Ministério da Agricultura, gratuitamente, no Aeroporto Inter. dDo Rio de Janeiro, no horário de 08:00 às 17:00, de 2ª à 6ª, na sala 1019 – 1º and. – Setor Verde – Desembarque Doméstico.

Desembarque:
Trânsito Doméstico:

1. Portar Guia de Trânsito Animal GTA
2. Portar comprovante de vacinação anti-rábica (obrigatória para animais com mais de 3 meses de idade e tTer sido aplicada à há mais de 20 dias e menos de 1 ano), assinado por um Médico Veterinário. Dados obrigatórios na carteira de vacinação: etiqueta da vacina constando o laboratório produtor, o tipo e o número da partida.
3. Validade do GTA: 03 (três) dias para todo o território nacional.

Trânsito Internacional:

1. Portar Certificado Zoossanitário o Internacional, emitido por um Médico Veterinário Oficial do Ministério da Agricultura do paíis de origem.
2. Portar comprovante de vacinação anti-rábica (obrigatório para animais com mais de 3 meses de idade e tTer sido aplicada à há mais de 20 dias e menos de 1 ano)

OBSERVAÇÕES:

1. OS DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA O TRÂNSITO INTERNACIONAL DEVERÃO SER APRESENTADOS JUNTO COM O ANIMAL, AOS MÉDICOS VETERINÁRIOS DO MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, NAS SALAS DO VIGIAGRO NO SETOR AZUL E VERMELHO DA ÁREA ALFÂANDEGA, PARA VISTORIA E POSTERIOR EMISSÃO DE TERMO DE LIBERAÇÃO PARA A ALFÂNDEGA.
2. NA FALTA DE QUALQUER UM DOS DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA O TRÂNSITO INTERNACIONAL, O ANIMAL SERÁ DEVOLVIDO À ORIGEM SOB RESPONSABILIDADE DA COMPANHIA AÉREA TRANSPORTADORA.

Vigiagro Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro
TPS 1 Setor Verde 0 sala 1019 – 1º andar – desembarque doméstico
Tel.: 398-3169/3773 – Fax: 393-8099

Animais de Fauna ou Silvestre
(Pássaros, macacos, etc.)
Obtenção de informações preliminares do Serviço de Sanidade Animal nos endereços acima.
Fonte:
http://www.aviagem.com.br

Um comentário:

LOURDES SPRENGER, Apoiadora da Causa Animal disse...

As orientações contidas neste Blog deverão ser confirmadas sempre com as empresas pela qual o animal irá viajar, poís cada uma delas tem exigências diferentes, como tamanho da caixa de transporte, material,etc.
E ainda, as normativas poderão ser alteradas pelos órgãos envolvidos na fiscalização e autorização de viagem.
Lourdes